A Escrava Isaura

2004

Novela das 19h/19h30

TV Record

Adaptação do livro "A Escrava Isaura" de Bernardo Guimarães por Tiago Santiago e Anamaria Nunes, com a colaboração de Altenir Silva.

Direção de Herval Rossano, Fábio Junqueira, Emílio Di Biasi e Flávio Colatrello Jr..

Direção geral de Herval Rossano e direção de núcleo de Herval Rossano.
 

Elenco: Bianca Rinaldi, Leopoldo Pacheco, Patrícia França, Théo Becker, Maria Ribeiro, Jackson Antunes e Mayara Magri. Com: Fernanda Nobre, André Fusko, Gabriel Gracindo, Déo Garcez, Renata Dominguez, Miriam Mehler, Rômulo Delduque, Lugui Palhares, Caio Junqueira, Aldine Müller, Matheus Palota, Fábio Junqueira, Cláudio Curi, Lígia Fagundes, Bárbara Garcia, Rodrigo Zanardi, Christovam Neto e Ailene Gouveia.

Sinopse: Isaura nasceu em 1835, na fazenda do comendador Almeida, em Campos dos Goitacazes, Rio de Janeiro. Ela é filha da bela Juliana, escrava do comendador, e do feitor da fazenda, Miguel. Juliana morre pouco depois do parto e Isaura é criada e educada por Gertrudes, mulher do comendador, que sempre quis ter uma filha. Apesar da excelente educação e de ter a pele clara, Isaura é escrava do comendador, por ter nascido filha de sua escrava. Em 1854, Isaura tem 19 anos e é uma bela casta donzela. Tudo se complica na vida dela, quando volta para a fazenda o jovem senhor Leôncio, filho do comendador, que desenvolve uma paixão louca pela linda escrava. Leôncio é obrigado a se casar por interesse com Malvina, filha do rico Coronel Sebastião Cunha, mas mesmo assim tenta seduzir Isaura, querendo que ela seja sua amante. Mas todas as tentativas e propostas de Leôncio são sempre rechaçadas pela virtuosa Isaura. Gertrudes tem muita vontade de dar a liberdade à sua querida Isaura, mas morre antes de conseguir realizar este objetivo. Pouco depois da morte de Gertrudes, o comendador Almeida também morre. Leôncio queima o testamento onde ele deixava a alforria para Isaura e torna-se assim o dono da escrava. A vida de Isaura se transforma num inferno. Leôncio se torna cada vez mais insistente, e sua paixão secreta pela escrava é descoberta, primeiro por Henrique, cunhado de Leôncio, que também é apaixonado por Isaura, e logo depois por Malvina, que não demora muito a perceber a obsessão de seu marido pela bela escrava. Em meio a tanto sofrimento, Isaura descobre o amor. Foge com o pai e se refugia numa chácara perto de São Paulo, onde adota o nome de Elvira, e vive longe de tudo e todos. Ela conhece o jovem abolicionista Álvaro, mas tenta de toda forma evitá-lo, porque sabe que é uma escrava fugitiva. Para piorar, Isaura é descoberta e mandada de volta à fazenda de Leôncio, que não vai deixar de praticar suas maldades contra a escrava.

 

 
Parabéns a vocês, que querem se dedicar à bela e essencial tarefa de contar histórias. Agradeço seu interesse pela minha avaliação. Não quero desestimulá-los, muito pelo contrário. Todos os dias, eu recebo pedidos para ler trabalhos de novos talentos.