Kubanacan

De maio de 2003 a fevereiro de 2004

Novela das 19h

TV Globo

234 capítulos

Escrita por Carlos Lombardi, com a colaboração de Tiago Santiago, Margareth Boury, Emanuel Jacobina e Vinicius Vianna.

Direção de Wolf Maya, Roberto Talma, Alexandre Avancini, Claudio Boeckel e Edgar Miranda.
 

Elenco: Marcos Pasquim, Adriana Esteves, Vladimir Brichta, Daniele Winits, Humberto Martins, Betty Lago, Nair Bello, Carolina Ferraz, Iran Malfitano, Rafaela Mandelli, André Mattos, Angela Vieira, Bruno Garcia, Daniel del Sarto e grande elenco

Sinopse: Em Kubanacan, uma fictícia republiqueta de bananas latino-americana, a luta pelo poder é constante. Camacho, um obscuro tenente, torna-se amante da primeira-dama Mercedes, também conhecida como a Santinha, de origem pobre, e dá um golpe de estado no marido dela, tornando-se ditador. Camacho mantém o poder durante anos, até que começa a ser desafiado por Esteban, um homem desmemoriado que caiu do céu numa noite de furacão numa vila de pescadores, chamada Santiago. Esteban entra em conflito por Camacho por causa de Marisol, que se tornou sua mulher em Santiago, mas foi seduzida pelo ditador. Esteban acredita que Marisol tenha morrido e se apaixona por Lola, uma dona-de-casa traída pelo marido Enrico. Lola se torna uma cantora famosa, ao mesmo tempo em que não resiste à paixão por Esteban. Marisol se arrepende, mas aí já é tarde demais para recuperar o amor dele. Ao longo da história, Esteban se surpreende muito com as coisas que vai descobrindo sobre seu passado, antes de perder a memória, e é perseguido por pessoas que acreditam que ele detém a fórmula de uma poderosa bomba, a Fênix, inclusive seu pai, Alejandro Rivera. Também fez muito sucesso o casal Rico (ex-marido de Lola) e Rubi ( a irmã durona de Lola).

Curiosidade: A novela manteve altos índices de audiência durante os quase dez meses em que ficou no ar. A novela inovou também por conta das inúmeras participações especiais, entre as quais Regina Duarte, no papel de Maria Félix, mãe de Esteban.

 

 
Parabéns a vocês, que querem se dedicar à bela e essencial tarefa de contar histórias. Agradeço seu interesse pela minha avaliação. Não quero desestimulá-los, muito pelo contrário. Todos os dias, eu recebo pedidos para ler trabalhos de novos talentos.